Opensoft cresce 25% e ultrapassa os 5 milhões de euros em 2017

Publicado a: 20 Março, 2018

Categoria: Notícias

Visualizações: 261

Tags:

jose-vilarinho-ceo-opensoft

José Vilarinho, CEO da Opensoft

Novos clientes nas áreas da Banca e da Administração Pública ajudaram ao crescimento da empresa. Em 2018, a empresa portuguesa prevê contratar 30 novos engenheiros de software e lançar uma solução dirigida ao mercado internacional.

A Opensoft, empresa portuguesa especializada no desenvolvimento de software business critical, fechou o ano de 2017 com um volume de negócios de 5 milhões de euros, número recorde e que representa um crescimento de 25% face ao resultado de 2016 (4 milhões de euros).

«É a primeira vez que alcançamos o marco dos 5 milhões de euros, pelo que estes resultados superam o que tínhamos previsto para 2017. Este número representa a dedicação e esforço de toda a equipa da Opensoft e resulta das alterações na forma como temos vindo a fazer negócio, de novos clientes conquistados e da nossa aposta no desenvolvimento dos recursos humanos», explica José Vilarinho, CEO da Opensoft.

Para este crescimento, contribuíram os novos clientes angariados, sobretudo nas áreas da Banca e da Administração Pública. «Continuamos a crescer através de projetos de recolha e tratamento de grandes volumes de informação de forma automatizada, área na qual temos uma vasta experiência e conhecimento, mas cada vez mais nos procuram para outras áreas, como a consultoria tecnológica, onde ajudamos clientes a desenhar e implementar as soluções que melhor se adequam às suas necessidades de negócio», revela o CEO.

O ano passado, a Opensoft apostou também no desenvolvimento de um novo produto, o Lightweightform, uma framework open source que agiliza a construção de formulários complexos e que tem sido integrada na oferta de soluções da empresa.

O crescimento foi ainda potenciado pela captação de talento especializado e pelo investimento na formação e certificação dos recursos internos, não só na área tecnológica, mas também comportamental. Este ano, a Opensoft estima contratar 30 novos engenheiros de software que correspondam ao perfil e desafios que definiu para a sua “Superteam”.

Para 2018, a empresa pretende continuar a tirar partido da sua experiência e conhecimento na Administração Pública Central, ajudando as organizações a tornarem-se mais ágeis e a otimizarem processos. «Estamos a preparar o lançamento de uma nova solução tecnológica para as instituições públicas da área tributária, focada no combate à fraude e evasão fiscal, que será um fator chave para a concretização de oportunidades de negócio no mercado internacional», conclui José Vilarinho.

Partilhe este artigo:
Share on Facebook
Facebook
0Share on LinkedIn
Linkedin
Share on Google+
Google+
0Tweet about this on Twitter
Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *