Blue Screen lança nova versão do LMS a pensar no mercado internacional

Publicado a: 13 Setembro, 2019

Categoria: Notícias

Visualizações: 91

Tags:

Software de gestão e administração de processos judiciais e recuperação de dívidas destina-se a sociedades de advogados, instituições financeiras, administradores de insolvências e organizações com uma quantidade significativa de processos em contencioso. Próximo passo é o mercado espanhol e partir daí para o resto da Europa. 

A Blue Screen IT Solutions anunciou o lançamento oficial no mercado português da terceira versão do LMS – Legal Management System – o software de gestão de processos judiciais, que é já uma bandeira da tecnológica nacional.

Após um ano a ganhar maturidade e em adequação às necessidades e casos práticos dos clientes, o LMS permite agora a gestão de dossiers legais incluindo contratos, intervenientes, processos judiciais, diligências, atividades, garantias, recebimentos e despesas, centralizando ainda na Cloud toda a documentação de apoio.

O LMS tem agora um âmbito mais abrangente, que vai da criação dos dossiers até à venda judicial de bens, incluindo a gestão da venda em leilão, intervindo em toda a gestão de processos de contencioso e/ou recuperação de crédito.

O software destina-se não apenas a escritórios de advogados, mas também a todas as organizações que tenham um volume significativo de processos judiciais ou que pretendam terceirizar o seu tratamento com parceiros.

A nova versão do software de gestão legal da Blue Screen IT Solutions tem foco em todos os intervenientes dos processos judiciais: seja nos escritórios de advogados e seus clientes, seja nas instituições financeiras e escritórios de advogados parceiros ou administradores de insolvências e leiloeiras.

Com uma forte componente alarmística e conceitos de níveis de serviço (SLA), o LMS dispõe ainda de um potente motor de workflows configuráveis para agilizar e facilitar a atribuição de tarefas entre utilizadores internos ou externos, escaláveis a grupos de utilizadores. Além disso, o software conta ainda com um sistema de classificação de dossiers e documentos por tags e com filtros avançados e ferramentas de seleção e extração de dados.

«Este primeiro ano em produção permitiu introduzir o LMS no mercado, alcançar os primeiros clientes e obter o seu feedback para introduzir melhorias nos seus casos práticos», explica Frederico Faria de Oliveira, Managing Partner da Blue Screen. «No primeiro ano, a solução ultrapassou os 10% da faturação global da empresa, pelo que superou todas as nossas expectativas», adiciona.

«Agora, na segunda fase, com todo o apoio da equipa de Marketing e Comercial, esperamos que a solução passe a ser dominante na quota de faturação da empresa, e que ultrapasse os 25% do volume de negócios da Blue Screen», desvenda Frederico Faria de Oliveira.

«O LMS está, neste momento, em implementação num dos principais bancos nacionais e as demonstrações feitas têm suscitado bastante interesse na grande maioria das organizações», destaca ainda o responsável.

O passo seguinte será a comercialização do software além-fronteiras, sendo que, para cumprir esse objetivo, a Blue Screen IT Solutions irá começar já a apresentar a solução no mercado espanhol e noutros países europeus.

«A Blue Screen tem um know-how acumulado no setor legal, pois, desde 2009, conta com diversos clientes e soluções amadurecidas para este setor», conta o responsável. «A solução LMS teve a sua primeira versão em 2009, sob a forma de uma aplicação para apoiar o cálculo de comissões dos escritórios de advogados que trabalhavam para instituições financeiras, sobretudo na área de recuperação de crédito», desvenda.

Enquanto uma das ferramentas tecnológicas mais avançadas para o setor legal existente no mercado português, o LMS é já hoje uma referência e amplamente reconhecido pelos seus clientes. «Iremos continuar a trabalhar em melhorias para a aplicação, recebendo feedback dos clientes e respondendo às suas necessidades», sublinha Frederico Faria de Oliveira.

Veja aqui todas as Notícias que pode encontrar no Falando TI.

Partilhe este artigo:
Share on Facebook
Facebook
0Share on LinkedIn
Linkedin
Tweet about this on Twitter
Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *