Dia Mundial da Terra – Samsung promove iniciativas eco conscientes para reduzir poluição

Publicado a: 22 Abril, 2022

Categoria: Notícias

Visualizações: 185

Tags: , ,

As novas iniciativas da Samsung vão desde inovações de equipamentos e funcionalidades mais ecológicas a embalagens sustentáveis que permitam reduzir a utilização de recursos

Na semana em que celebra o Dia Mundial da Terra, data que reconhece a importância do planeta e alerta todos os habitantes para a necessidade de preservar os recursos naturais do mundo, a Samsung Electronics Co., Ltd. anuncia um conjunto de iniciativas de sustentabilidade que irão acelerar o desenvolvimento de equipamentos mais eco conscientes. O objetivo destas iniciativas passa por responder de forma mais eficaz às questões ambientais através do desenvolvimento de produtos e serviços inovadores com impacto positivo no nosso quotidiano.

Construir um futuro sustentável

A visão da Samsung para o futuro é construída sobre o que a empresa chama de “sustentabilidade diária“. Ao colocar a sustentabilidade no centro de tudo o que faz, a Samsung tem vindo a adotar novos métodos de produção de baixo impacto, em embalagens que reduzem a pegada ecológica e de uma experiência mais sustentável para o cliente com o reaproveitamento responsável de produtos no final do seu ciclo de vida.

Os esforços da Samsung para reduzir as emissões de carbono ao longo de todo o ciclo de produção ganharam o reconhecimento da Carbon Trust, a autoridade líder mundial no controlo da pegada de carbono. No ano passado, os chips de memória certificados pelo Carbon Trust da empresa ajudaram a reduzir as emissões de carbono em quase 700.000 toneladas.

A tecnologia como caminho para a redução do consumo de energia

A eficiência energética é fundamental para permitir assegurar a pegada de carbono e assim gerar mudanças mais sustentáveis. Como exemplo dos avanços tecnológicos nesta área, a empresa introduziu melhorias consideráveis no seu Comando Eco, das suas televisões, que substitui a bateria por um painel solar incorporado e que pode ser carregado com luz natural ou artificial, bem como através de frequências de rádio captadas de redes Wi-Fi. O objetivo passa por eliminar mais de 200 milhões de baterias, que alinhadas são o equivalente à distância entre Las Vegas e a Coreia do Sul.

Tornar a tecnologia acessível e aberta reflete o compromisso da Samsung com a inovação e com a sustentabilidade quotidiana, que transcende todos os tipos de indústrias. A colaboração com a Patagónia, empresa de vestiário, demonstra o tipo de inovação que pode resultar quando empresas – mesmo as de indústrias totalmente diferentes – se juntam para abordar questões ambientais. A solução em desenvolvimento irá ajudar a combater o flagelo da poluição provocada pela utilização de plástico, permitindo às máquinas de lavar roupa da Samsung minimizar a entrada de microplásticos nos cursos de água através dos seus ciclos de lavagem.

Poupar energia e encorajar uma utilização de recursos mais consciente

Para contribuir para uma melhor utilização de energia e para apoiar um estilo de vida mais sustentável, a Samsung estabeleceu uma parceria com a Q CELLS para desenvolver uma nova funcionalidade de Zero Energy Home Integration[1] para a sua aplicação SmartThings Energy. Esta funcionalidade irá integrar no SmartThings dados sobre a produção e armazenamento dos painéis solares e sistemas de armazenamento de energia de uma casa, contribuindo para a monitorização da autossuficiência energética.

A SmartThings Energy monitoriza também a utilização de energia dos dispositivos conectados dos utilizadores e recomenda métodos de poupança de energia com base nos seus padrões de utilização.

Utilização crescente de plástico reciclado

A Samsung irá aumentar a percentagem de plástico reciclado utilizado nos seus eletrodomésticos. Com esse objetivo, expandiu a utilização do plástico reciclado tanto nos componentes interiores como nos elementos exteriores. Estabelecendo o compromisso de aumentar a utilização de plástico reciclado nos seus eletrodomésticos de 5% em 2021 para 30% em 2024. Isto representa um aumento do uso de plástico reciclado de 25.000 toneladas em 2021 para 158.000 toneladas em 2024[2]

Além disso, a Samsung também desenvolveu um novo tipo de plástico reciclado de polipropileno para as suas máquinas de lavar roupa. Utilizando polipropileno e polietileno de produtos descartáveis, a empresa criou um novo tipo de resina reciclada que é mais resistente a choques externos.

Um futuro para todos através da iniciativa “Galaxy for the Planet”

O lixo eletrónico é outro grande desafio para a indústria, razão pela qual a Samsung já reaproveitou mais de cinco milhões de toneladas deste tipo de resíduos desde 2009. Para os dispositivos móveis, no ano passado, a Samsung lançou o Galaxy for the Planet, uma plataforma de sustentabilidade criada para definir uma ação climática tangível que permita minimizar a pegada ambiental dos dispositivos móveis ao longo de todas as fases dos seus ciclos de vida.

A mais recente linha Galaxy S22 é o exemplo perfeito deste propósito por parte da Samsung. A poluição provocada pelo plástico representa sérias ameaças ao nosso ambiente, e as redes de pesca descartadas são especialmente prejudiciais à vida marinha e aos nossos oceanos. A colaboração da Samsung com organizações líderes vem ajudar na recuperação das redes de pesca descartadas e transforma-as num material de alto desempenho para os seus smartphones. Este material – utilizado em componentes dos telemóveis da série Galaxy S22 – contém 20% de plástico reciclado, proveniente de redes de pesca[3]. A série Galaxy S22 incorpora material reciclado de pós-consumo no seu módulo de altifalantes, bem como as partes interiores das teclas de potência e volume. Para além do plástico oceânico, é utilizado papel 100% reciclado nas embalagens do Samsung Galaxy S22 e plástico reciclado nas películas protetoras.

Deste modo, a Samsung assegura também a utilização de embalagens ecológicas para abranger uma maior linha de produtos, incluindo eletrodomésticos, tais como aspiradores e micro-ondas. Neste âmbito, um dos principais esforços reside nas embalagens de todos os modelos de televisões e soundbars Samsung, através da sua solução de eco-packaging – uma embalagem ainda mais ecologicamente consciente, com menos 90% de tinta, além de remover os agrafos durante a produção. Ambas as melhorias reduzem o desperdício e facilitam o processamento nos centros de reciclagem. Além disso, é possível dar uma segunda vida às embalagens com recurso a um guia de instruções para a criação de peças decorativas únicas para o interior das nossas casas.

A Samsung mantem o seu compromisso com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, conhecidos como os Objetivos Globais, estabelecidos pela Assembleia Geral das Nações Unidas. Uma meta de, em conjunto, mudar o mundo até 2030.


[1] Disponível no primeiro semestre de 2022 no Reino Unido e Segundo semestre na Alemanha

[2] Baseado no peso dos componentes finais.

[3] As redes de pesca descartadas são compradas através do parceiro da Samsung que trabalha com pescadores locais que as recolhem no Oceano Índico e zonas costeiras vizinhas. A Samsung não recupera diretamente as redes de pesca do oceano.

Partilhe este artigo:
Share on Facebook
Facebook
0Share on LinkedIn
Linkedin
Tweet about this on Twitter
Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.