FORDESI otimiza eficiência operacional da Silos de Leixões

Publicado a: 14 Novembro, 2018

Categoria: Notícias

Visualizações: 34

Tags: , ,

SigSil – Sistema Integrado de Gestão Silar – permitiu aumentar eficiência operacional, otimizar recursos e reduzir pontos únicos de falha da Silos de Leixões. Escolha da FORDESI baseou-se na vasta experiência da empresa no setor da logística.

A Silos de Leixões (SdL), uma das maiores empresas de logística agro-alimentar da zona norte do país, necessitava de agilizar e integrar os processos logísticos do seu terminal, desmaterializando a documentação legal associada e automatizando o controlo das quantidades. A escolha recaiu no SigSil – Sistema Integrado de Gestão Silar – e na FORDESI, empresa com ampla experiência no setor. A desmaterialização de processos e o aumento do grau de automatização, possíveis graças ao SigSil, permitiram aumentar a eficiência operacional, otimizar recursos e reduzir os pontos únicos de falha.

A Silos de Leixões procurava uma solução tecnológica para os seus processos logísticos no Porto de Leixões, nomeadamente, a descarga de navios, a armazenagem silar, as salas de comando, e realizar expedição rodoviária e o controlo de portaria, usando um sistema de portarias non-stop, com pesagem automática e produção de documentos de transporte em tempo real com a Autoridade Tributária.

Outro dos requisitos da solução era, de forma inovadora, responder às necessidades dos diversos stakeholders, englobando e disponibilizando informação à cadeia logística e de distribuição através de um portal web para clientes, distribuidores e indústria.

A FORDESI foi o parceiro escolhido para fazer o estudo prévio e implementar um sistema à medida das necessidades da SdL. Com base na sua experiência em soluções tecnológicas para a gestão de terminais e portarias, a FORDESI desenvolveu o SigSil – Sistema Integrado de Gestão Silar.

O SigSil suporta os processos logísticos e a gestão de quantidades, integrando a receção marítima e expedição rodoferroviária, a armazenagem (silar e armazéns), o atendimento self-service e as portarias non-stop.
Uma aplicação mobile, faz a ligação ao terminal e à doca para a descarga de navio por porão, o registo de meios, controlo de viaturas, ocorrências e eventos de HACCP. A faturação é automática com ligação ao ERP SAP. Um portal web para clientes e distribuidores automatiza os serviços com os stakeholders.

O SigSil permite que toda a informação de operações, produtos, clientes e distribuidores esteja otimizada, consistente e disponível, num único sistema de informação automatizado pela ligação aos vários sistemas de controlo, automação e pesagem da infraestrutura.

Esta estratégia permite que, num único portal de serviços, a Sdl, clientes, distribuidores e indústria troquem toda a informação para agilizar a sua logística, como sendo os próprios a registar ordens de movimentação e entrega ou, simplesmente, visualizar relatórios de movimentação.

Desta forma, e sem recorrer ao telefone ou email, a SdL aumentou o grau de satisfação dos stakeholders e melhorou a comunicação entre todos os intervenientes, proporcionando para o exterior uma justificada imagem de eficiência e modernidade.

«O Sigsil veio responder a uma necessidade de aumento de eficiência e controlo dos processos operacionais e administrativos desenvolvidos na Silos de Leixões», explica Miguel Tomé, Gerente e Diretor de Operações da SdL. «Estes objetivos foram atingidos através da total informatização e integração de processos, permitindo obter toda a informação e interação com os diversos stakeholders, em tempo real», adianta.

Com a gestão de portarias non-stop verificou-se uma melhoria acentuada em todos os processos de entrada, pesagem e saída de camiões, permitindo a reversibilidade de vias caso seja necessário. Os motoristas têm ao seu dispor quiosques self-service que permitem a verificação automática de autorizações, quantidades e saldos, processo totalmente digital e sem intervenção humana.

Resumindo, a desmaterialização de processos e o aumento do grau de automatização, possíveis graças ao SigSil, permitiram aumentar a eficiência operacional, otimizar recursos e reduzir pontos únicos de falha.

«A utilização do SigSil, com elevado nível de customização e apresentando a flexibilidade imposta pela evolução do negócio, aumentou significativamente a qualidade e rapidez no acesso à informação gerada e diminuiu acentuadamente o lead time das muitas dezenas de camiões que diariamente carregam na Silos de Leixões», revela Miguel Tomé.

Descarregue aqui o Caso de Estudo completo: https://digital.fordesi.pt/case-study-silos-de-leixoes

Partilhe este artigo:
Share on Facebook
Facebook
0Share on LinkedIn
Linkedin
Share on Google+
Google+
0Tweet about this on Twitter
Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *