Novo armazenamento software-defined da SUSE reduz custos para empresas

Publicado a: 14 Novembro, 2017

Categoria: Notícias

Visualizações: 261

Tags:

O poder das soluções de storage sempre residiu no software. Como tal, o armazenamento software-defined da SUSE está a possibilitar aos clientes maior flexibilidade e escolha do que as aplicações tradicionais de storage.

Estas soluções permitem ir ao encontro das necessidades dos clientes, de forma mais segura e eficiente, com recurso a hardware standard e a soluções de armazenamento software-defined baseadas em open source.

Neste sentido, a SUSE hoje lançou o SUSE Enterprise Storage 5, com maior facilidade de gestão, performance melhorada e funcionalidades expandidas, incluindo novas capacidades de back-up disk-to-disk para clientes empresariais.

“A geração de inovação de infraestrutura empresarial é agora criada com base em open source”, disse Gerald Pfeifer, vice-presidente de Products and Technology Programs da SUSE.

“A SUSE é especialista em utilizar a inovação para criar soluções empresariais seguras que podem, quando combinadas com outras tecnologias, endereçar as necessidades dos clientes. Esta abordagem aplicada ao armazenamento software-defined possibilita soluções altamente escaláveis que reduzem radicalmente os custos de armazenamento em termos de capital e custos operacionais”.

Analistas da Gartner referiram, num relatório recente da Cool Vendor, que “tornou-se evidente que a procura de capacidade de armazenamento e as expectativas para um mais rápido fornecimento desse armazenamento ultrapassaram em muito a capacidade das equipas de infraestrutura e operações. São necessários sistemas mais automatizados para restaurar um sentido de equilíbrio, ou seja, soluções de armazenamento que proporcionam uma escala muito maior, mas também muito mais automação.”

SUSE Enterprise Storage 5

O mais recente lançamento da solução de armazenamento software-defined inteligente da SUSE – o SUSE Enterprise Storage 5 – vai permitir às organizações de TI acelerar a inovação e reduzir custos, ao transformar, de forma eficiente, as suas infraestruturas de armazenamento empresariais. É baseada na versão Luminous do projeto open source Ceph e é idealmente apropriada para compliance, arquivo, backup e armazenamento de dados em larga escala.

As aplicações com grandes quantidades de dados incluem câmaras de videovigilância, CCTV, formação e presença online, streaming, raios-X, processamento sísmico, mapa genómico e design assistido por computador. As aplicações de backup e arquivo incluem o Veritas NetBackup, Commvault e Micro Focus Data Protector, assim como soluções de compliance como a iTernity.

O SUSE Enterprise Storage 5 é a primeira oferta comercial para suportar o novo BlueStore backend no Ceph. Segue-se ao primeiro suporte da SUSE para iSCSI e CephFS nas anteriores versões do SUSE Enterprise Storage. Os benefícios deste lançamento para os clientes incluem:

A capacidade de servir ambientes que requerem elevados níveis de performance através do novo armazenamento de backend BlueStore. O SUSE Enterprise Storage 5 oferece mais do dobro da performance das versões anteriores, assim como reduções significativas em latência I/O.

A possibilidade de libertar capacidade e reduzir a pegada dos dados via compressão de dados BlueStore-enabled. O aumento da eficiência do espaço em disco através da possibilidade de apagar código para dispositivos replicados e dados CephFS.

Menores custos operacionais com um interface de utilizador gráfico avançado e expandido para gestão simplificada, através do sistema de gestão de armazenamento open source de última geração openATTIC.

Gestão de cluster simplificada e orquestração através de integração de Salt melhorada.

Produção de suporte do Network File System (NFS) Gateway, exportando CephFS e possibilitando aos utilizadores de um computador cliente aceder a ficheiros numa rede de computadores.

Produção de suporte do Network File System (NFS) Gateway, exportando o RADOS object gateway (RGW) e possibilitando as aplicações de ficheiros legacy que necessitam de um interface de sistema de ficheiros acederem à cloud nativa Amazon S3 ou a dados Swift.

Uma previsão técnica da capacidade do Ceph para exportar um sistema de ficheiros para CIFS/Samba para conetividade heterogénea.

Backup disk-to-disk no SUSE Enterprise Storage

O SUSE Enterprise Storage agora disponibiliza uma solução de backup disk-to-disk eficiente e flexível que é escalável, auto gerivel, tolerante às falhas, sempre ligado e fácil de atualizar. O SUSE Enterprise Storage proporciona estas funcionalidades sem os custos tipicamente associados a funcionalidades high-end.

O hardware acessível com software open source permite aos clientes evitarem os preços elevados das soluções proprietárias. O SUSE Enterprise storage também bate o custo das alternativas empresariais open source, assim como as ofertas comerciais com um modelo de licenciamento que evita os custos de armazenamento por gigabyte.

Além disso, a necessidade de um dispositivo de duplicação separado (um aparelho sofisticado normalmente associado a soluções proprietárias que é concebido para reduzir o volume global de armazenamento, eliminando os dados duplicados) é eliminada, através de software de backup avançado, que proporciona serviços de duplicação.

A SUSE é certificada em software de backup empresarial, por empresas como a Commvault e a Veritas, especializadas em duplicação integrada. Numa recente comparação em termos de custo total de propriedade de soluções de backup de disco, o armazenamento software-defined no geral e a SUSE, em particular, ficaram no topo.

De acordo com o IT Brand Pulse, “os dados indicam que a SUSE é o líder em termos de valor, impulsionada pelo melhor modelo de preço in-class, que inclui suporte na licença de software e, ao contrário de outros, o custo do software é diluído por cinco anos”.

O SUSE Enterprise Server 5 vai estar disponível no terceiro trimestre. Para mais informações, visite www.suse.com/storage.

Partilhe este artigo:
Share on Facebook
Facebook
0Share on LinkedIn
Linkedin
Share on Google+
Google+
0Tweet about this on Twitter
Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *