Organizações Exponenciais: O surgimento de uma nova geração de empresas

Publicado a: 2 Julho, 2015

Categoria: Cloud & Mobile

Visualizações: 2375

Tags: , , ,

WhatsApp não é proprietário de nenhuma rede de telecomunicações, o Facebook não produz conteúdo e o Airbnb não opera um único hotel sequer. Então como eles são tão bem sucedidos?

De acordo com Yuri Van Geest, speaker internacional no Enterprise Business Assurance Worldwide Summit 2015, tudo é uma questão de crescimento exponencial dos seus modelos de negócio. Em outras palavras, estas empresas são capazes de mostrar uma taxa de crescimento que se torna cada vez mais rápida em proporção ao seu tamanho, graças à aplicação integral das comunidades, Big Data, algoritmos inteligentes, novas tecnologias, entre outros. Como resultado, eles deixam as organizações lineares tradicionais muito para trás.

No EBA Summit, Yuri discutiu os resultados do seu novo livro “Organizações Exponenciais” (co-escrito com Salim Ismail, vice-presidente do Yahoo!, fundador e diretor executivo da Singularity University; e Michael S. Malone, escritor e jornalista no The Wall Street Journal) e apresentou um quadro de atributos internos e externos para cada organização, seja uma start-up ou uma multinacional, para tornar-se uma organização exponencial. Escolhido pela Frost & Sullivan como o livro de negócios de 2014, os autores pesquisaram centenas de start-ups e empresas, desde a Amazon até Shapeways, Netflix, Tesla, Waze e Github, e entrevistaram dezenas de especialistas e CEOs das organizações que mais crescem (tais como Arianna Huffington e Chris Anderson) para entenderem os atuais desenvolvimentos em domínios organizacionais e tecnológicos, e como as tecnologias exponenciais estão reinventando as melhores práticas de negócio.

Esta compreensão das forças em jogo e as consequentes alterações das práticas de negócio são essenciais quando se considera que o crescimento das tecnologias exponenciais é faturado para explodir de uma forma inimaginável nos próximos 25 anos – com computadores tornando-se microscópicos, quase infinitos em suprimentos e, essencialmente, livres.  Modelos de negócio lineares, com informações perdidas ou atrasadas sobre seus processos, gastos, relações e ganhos de eficiência, neste novo mundo deverão simplesmente cair no esquecimento.

Claro que, essa necessidade de informações completas e em tempo real relativas a todos os processos de negócio, relacionamento com clientes, fornecedores e as receitas resultantes a fim de alcançar a lucratividade e crescimento, combinam com a visão que temos sobre Enterprise Business Assurance (EBA). Softwares de EBA permitem o monitoramento contínuo e controles automatizados de aplicações financeiras e outros sistemas de apoio às empresas, reduzindo os custos e as limitações de supervisão manual. Um software de EBA é a tecnologia que auxilia empresas modernas na redução das perdas comerciais, melhorando o desempenho e a eficiência.

 

Veja a apresentação completa do Yuri van Geest!

Sérgio Silvestre
Global Chief Marketing Officer na WeDo Technologies
LinkedIn | Sérgio SilvestreTwitter| Sérgio SilvestreBiografia Completa

Partilhe este artigo:
Share on Facebook
Facebook
0Share on LinkedIn
Linkedin
Share on Google+
Google+
0Tweet about this on Twitter
Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *