Profor agiliza logística com apoio da INOVFLOW

Publicado a: 4 Junho, 2019

Categoria: Notícias

Visualizações: 165

Tags:

A otimização e automatização dos processos de armazém permitiu à Profor melhorar a gestão dos seus 24.000 produtos, bem como obter ganhos de produtividade e rentabilidade, rigor e controlo das operações, satisfação dos clientes e crescimento do negócio com a entrada em plataformas como o eBay ou Amazon.

A INOVFLOW, tecnológica portuguesa focada na implementação de soluções que otimizam processos de negócio, foi selecionada pela Profor, empresa especializada no fabrico e distribuição de produtos de proteção e sinalização industrial, para a otimização dos processos logísticos com base no Eye Peak, o sistema de gestão de armazéns da PRIMAVERA.

A decisão de avançar com um projeto desta natureza, é explicada por Pedro Costa Martins, CEO da Profor:

“No historial de reclamações da Profor, 80% tinha origem no armazém e na expedição, pelo que precisávamos de tomar ações corretivas que eliminassem trabalho manual, propenso a erros e moroso. Por outro lado, verificávamos uma procura crescente por parte dos nossos clientes de soluções de codificação, como o código de barras ou o QR Code, a que era necessário dar resposta”.

O projeto começou com um outro parceiro PRIMAVERA, mas dado que não correu como esperado, a Profor pesquisou alternativas no mercado e encontrou na INOVFLOW a experiência e competências que necessitava, quer a nível do negócio quer técnicas e funcionais. “Percebemos desde o início que havia um grande compromisso da INOVFLOW com o sucesso do projeto e um alinhamento total com a nossa visão para o mesmo. O facto de já ter muitas implementações similares deu-nos a confiança que viemos depois confirmar como acertada. Temos contado com um apoio próximo, rápido, proativo e de elevado valor acrescentado para o nosso negócio”, revela José Ferreira, Diretor Comercial da Profor.

Com a melhoria dos processos e a ferramenta Eye Peak, a Profor eliminou o erro humano na separação e procura dos artigos, e otimizou os tempos de avio. Paralelamente, viu a totalidade dos seus 24.000 produtos catalogados com códigos de barras, possibilitando não só o acesso a clientes da grande distribuição, mas também a plataformas de vendas como o eBay ou a Amazon.

“Como principais resultados, salientamos o facto de as reclamações com origem no armazém terem reduzido drasticamente, a melhor acuidade na valorização do stock, a maior rapidez no despacho e entrega aos clientes, a inexistência de perda de artigos no armazém e a otimização do espaço disponível. Também valorizamos bastante a centralização e o fácil acesso à informação, já que dantes apenas o colaborador que recebia e arrumava o artigo sabia onde encontrá-lo. Para uma empresa como a Profor, que tem no seu stock um dos maiores ativos, soluções de WMS (Warehouse Management Systems) são fundamentais”, destaca Pedro Costa Martins.

Os próximos desafios passam por otimizar a colocação de etiquetas singulares e de grupo, otimizar as rotas no armazém, colocar tapetes para diminuir ainda mais o tempo de avio e para melhorar as condições de quem trabalha neste setor.

«No futuro, pretendemos também automatizar a movimentação de paletes, bem como a sua arrumação e colocar um sistema de controlo no final do processo, com a finalidade de introduzir uma terceira revisão redundante à encomenda na sua fase de expedição. Face ao que alcançámos até hoje, contamos com a INOVFLOW para tornar estes objetivos numa realidade», conclui Pedro Costa Martins.

Mais sobre a INOVFLOW no Falando TI

Partilhe este artigo:
Share on Facebook
Facebook
0Share on LinkedIn
Linkedin
Tweet about this on Twitter
Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *