SUSE Manager 3.1 simplifica DevOps e Container Management em infraestrutura software-defined

Publicado a: 18 Julho, 2017

Categoria: Notícias

Visualizações: 302

Tags:

SUSE Manager 3.1 otimiza DevOps empresarial e operações de TI, com uma única ferramenta para gerir templates de software e compliance na cloud híbrida e infraestruturas container.

A SUSE lançou o SUSE Manager 3.1, a mais recente versão da solução de gestão de infraestruturas open source para empresas, que melhora a eficiência DevOps e facilita a adoção e gestão de containers por parte das empresas.
Enquanto componente crítico de gestão das soluções de infraestrutura software-defined da SUSE que estão a transformar as TI para a economia digital, os desenvolvimentos em termos de redução da complexidade do SUSE Manager estão a tornar as empresas mais eficientes e ágeis, para poderem responder mais rapidamente às exigências dos clientes.

O SUSE Manager 3.1 melhora a eficiência DevOps, com uma gestão melhorada dos templates de software e compliance em cloud híbrida e infraestruturas container. As empresas podem assim adotar e gerir mais facilmente os containers nas suas infraestruturas, recorrendo à mesma ferramenta que usam hoje para os sistemas de infraestrutura e virtual machine management.

«À medida que as organizações de TI se transformam para suportar o negócio digital, necessitam de ser mais leves para se ajustarem rapidamente ao mercado e às mudanças tecnológicas», disse Gerald Pfeifer, vice-presidente de Products and Technology Programs da SUSE.

«O SUSE Manager permite que sejam mais ágeis e possam otimizar as suas operações, proporcionando uma única ferramenta de gestão de infraestrutura, concebida para ajudar o DevOps empresarial e a complexidade de gestão das operações de TI, ao mesmo tempo que melhoram a sua visibilidade e o controlo dos ativos de TI».

Enquanto componentes-chave de uma infraestrutura software-defined, o SUSE Manager 3.1 proporciona três benefícios muito importantes:

  • Melhoria da eficiência DevOps e otimização das operações com uma única ferramenta para criar e gerir a infraestrutura container. As TI podem facilmente construir e disponibilizar imagens container baseadas nos seus repositórios do SUSE Manager, além de automatizar e gerir imagens container ao longo do desenvolvimento, teste e produção de ambientes que suportam o modelo de desenvolvimento contínuo de integração/continuidade.
  • Assegurar a compliance de container e cloud virtual machine para perfis e templates mais rígidos ao longo de ambientes DevOps baseados nas políticas de segurança internas dos próprios clientes. Os clientes podem assegurar-se de que os fluxos de trabalho estabelecidos para o desenvolvimento, teste e produção em cloud híbrida e infraestruturas container aderem aos standards internos de segurança e compliance.
  • Complexidade reduzida e controlo de ativos de TI, com visibilidade de sistemas e desenvolvimentos de infraestrutura melhorados. Visualização gráfica dos sistemas de TI melhorada, sendo que as suas relações proporcionam uma melhor compreensão das dependências da infraestrutura e da saúde do sistema.

«As capacidades de compliance e gestão de container do novo SUSE Manager vão permitir aos clientes automatizarem a orquestração e aprovisionamento dos seus serviços container-based, ao mesmo tempo que asseguram o container compliance da mesma ferramenta que já estão a usar para gerir a sua infraestrutura Linux», disse Mary Johnston Turner, research vice-president de Enterprise System Management Software da IDC.

«A visualização adicional e caraterísticas de interface de utilizador proporcionam uma visibilidade melhorada e operações mais fáceis de efetuar, para melhor compreender as dependências de infraestrutura e identificar e resolver problemas. O SUSE Manager 3.1 continua a estender a sua funcionalidade para endereçar as necessidades das operações de TI atuais e equipas de DevOps, que estão a desenvolver, disponibilizar e gerir serviços em infraestruturas cada vez mais complexas».

Partilhe este artigo:
Share on Facebook
Facebook
0Share on LinkedIn
Linkedin
Share on Google+
Google+
0Tweet about this on Twitter
Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *