Tangível convida AMA, Galp,SIBS e FintechOS a partilhar boas práticas para assinalar Dia Mundial da Usabilidade

Publicado a: 4 Novembro, 2022

Categoria: Notícias, Tecnologia

Visualizações: 1679

Tags:

“No setor público, finalmente, começa a haver evolução e estratégia para a usabilidade”, revela André Carvalho, co-CEO da Tangível. “Mas cada vez temos mais franjas da população excluídas da evolução tecnológica”, alerta.

A Tangível, consultora pioneira de Human-centered design em Portugal, convidou a Agência para a Modernização Administrativa (AMA), a Galp, a SIBS e a FintechOS a divulgarem as suas experiências em usabilidade no próximo dia 10 de novembro, data em que se assinala o Dia Mundial da Usabilidade, no auditório do LISPOLIS, em Lisboa.

O evento tem início às 18h00, é gratuito, mas sujeito a inscrição, através do link: https://dia-mundialusabilidade-2022-tangivel-lisboa.eventbrite.pt e pode também ser seguido online, através do YouTube.

É destinado a todos os profissionais que se interessam por criar produtos e serviços com uma boa experiência de utilização – designers, programadores, gestores ou diretores – de diferentes setores e com vontade de melhorar os produtos ou serviços com base nas dores, necessidades e preferências dos seus utilizadores O evento acompanha as várias celebrações espalhadas pelo mundo para assinalar o Dia Mundial da Usabilidade.

“Vivemos num mundo com grande inovação tecnológica, mas muitas vezes pouco adaptada às reais necessidades das pessoas. Isto causa o paradoxo de mais sofisticação significar mais inadaptação. E cada vez temos mais franjas da população excluídas desta evolução tecnológica. Precisamos de desenhar produtos e serviços intuitivos e fáceis de usar. Para isso acontecer, é preciso falar de usabilidade, explicar o que é, como se aborda, como se avalia”, explica André Carvalho, co-CEO da Tangível.

“No privado, há grandes assimetrias, mas alguns setores já são sofisticados. No setor público, finalmente, começa a haver evolução e estratégia”, aponta o responsável.

Para o co-CEO da Tangível, “é preciso maior formação superior nestas áreas, seja em termos de profissionais de UX, seja em termos de conceitos introdutórios para outros profissionais, como os de tecnologias de informação, marketing, gestão. Mas é preciso uma grande iniciativa de formação profissional nesta área porque os executivos não têm os conceitos que os possam orientar”.

Isto porque os custos da falta de usabilidade são significativos. “Os trabalhadores têm menor produtividade do que seria desejável devido ao mau design do software que utilizam no dia a dia. As empresas gastam mais dinheiro em equipas de suporte aos clientes, pois estes não conseguem usar os seus produtos e serviços. E as empresas que desenvolvem software sem ter em conta a usabilidade desde o primeiro dia acabam por ter custos adicionais de retrabalho para corrigir os problemas criados.” – realça José Campos, co-CEO da Tangível.

Agenda:
18h00 – Welcome drink

18h30 – Palestras
Elsa Castro, Board member, AMA – Agência para a Modernização Administrativa
Gonçalo Veiga, VP of User Experience, FintechOS

19h30 – Mesa redonda “O Impacto da Usabilidade nos Negócios e nas Organizações”
Elsa Castro, Board member, AMA – Agência para a Modernização Administrativa
Gonçalo Veiga, VP of User Experience, FintechOS
Jorge Paulo, Diretor de Produto, SIBS
Rita Pereira, Head of Digital Office, Galp

20h00 Encerramento

Oradores:
Elsa Castro – https://www.linkedin.com/in/elsaccastro/
Gonçalo Veiga – https://www.linkedin.com/in/goncaloveiga/
Jorge Paulo – https://www.linkedin.com/in/jorgepaulo/
Rita Pereira – https://www.linkedin.com/in/ritapereira1/

 

Partilhe este artigo:
Share on Facebook
Facebook
0Share on LinkedIn
Linkedin
Tweet about this on Twitter
Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.